11.23.2005

Um ambiente organizado para as experiências



“Uma criança só estará disposta a aprender se for algo novo que lhe desperte o interesse ou que lhe seja útil para alguma coisa. Ela tem de estar motivada. Mas para que ela sinta interesse, precisa de ter contacto com as coisas, precisa de ver, tocar, cheirar, brincar com as coisas.”
Armando Vieira (s/d)

Esta frase só poderá ser concretizada se, dentro da sala, dispusermos de um local que tenha vários tipos de recipientes para a criança poder fazer medições, comparações (por exemplo, diferentes copos, garrafas, pacotes…), diversos materiais (madeira, esferovite, plástico, farinha, açúcar, manteiga, óleo, ….) para poder identificar as suas características/propriedades; diferentes instrumentos (lupa, balança, fita métrica, escalas, termómetro, ampulheta….) e principalmente muita água, areia, plantas, diferentes bichinhos, enfim tudo aquilo que possa aos poucos ser introduzido numa área que proporcione a observação e o contacto directo, da criança com tudo aquilo que ela disponha ao seu redor, no seu dia-a-dia.

6 Comments:

At 10:37 AM, Blogger Desambientado said...

Ao passar por aqui mais uma vez, apeteceu-me perguntar.
Não terá o professor, neste caso a educadora, um papel tão ou mais importante do que a motivação do aluno? Como é que o aluno se motiva? Não é pela motivação do professor?
Ao professor competirá certamente dirigir, encaminhar e inquirir. Se o professor souber perguntar, certamente terá boas respostas.

 
At 1:12 AM, Blogger Cidalia said...

Bem Dr. Félix, desde já obrigada pela sua visita.
Não tenho tido muito tempo para contribuir com mais "experiências pessoais" para o blog mas... isso vai ficar melhor depois de Dezembro.
Qaunto a pergunta....
È claro que sim e...só podemos ter espaços deste nas salas de educadores/professores motivados para tal. Patrícia Fontes, um ex-professora da Universidade do Minho, (devo ser últimamente a fã nº 1 dela)fala de uma motivação que exprime um sentimento de afectividade e refere "Quem se integra nesta relação afectiva? A criança ou adolescente e um amigo, um companheiro, .... um professor apaixonado? "(Gottesdiener citado por Fontes, 2005).
É certamente um professor/ educador apaixonado por estas coisas porque senão o que seria dos salpicos de água no chão? A areia presa nos desenhos? Das perguntas constantes "vamos pesar agora?" ? Ou ainda "Eu tenho uma solução... Eu acho que é assim...." Mais do que motivação eu diria mesmo uma grande paixão do educador/professor pelas ciências!

 
At 12:52 PM, Blogger Desambientado said...

Cidália.
Antes de mais quero dizer-te que passo por aqui com frequência. Para ver se há algo de novo. Todos os blogs estão muito interessantes, ao qual o teu não escapa, e como tal, dignos de uma visita periódica.
Resta-me dizer que em tão breve espaço de tempo que aqui estou, por imperativos profissionais, só me resta concordar quer contigo quer com a Profª Patrícia Fontes.

 
At 4:24 AM, Anonymous Anonymous said...

This comment has been removed by a blog administrator.

 
At 3:27 PM, Anonymous golfing equipment said...

This comment has been removed by a blog administrator.

 
At 12:33 AM, Anonymous Anonymous said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. mitsubishi Canada pay per click http://www.sonyvaiopcgc1mhpharddrive.info Silk car seat cover baby Clinical meridia trials http://www.radar-detector.info http://www.compare-pilates-reformer-and-performer.info Lethal dosage xanax retail security systems defense attorney

 

Post a Comment

<< Home

Estou no Blog.com.pt Mais Blog